RADICAL CUSTOM BIKE SHOW PECQUENCOURT - MAIS IMAGENS

 Dia "D" menos 3... Perante uma viagem de quase 2.500 Km em direcção à neve, ao frio e ao gelo, impunha-se uma "escala técnica" para recuperar calorias. A nossa primeira paragem foi em Montignac, na região de Bordeaux, naquele que constitui um "posto avançado" do M.C.F. em França, o "Chateau Vinet". A casa e a hospitalidade da Nadia e do Dominique Vinet, membros do M.C.F., são já conhecidas de muitos que por lá passaram em direcção aos mais variados destinos. Um telefonema uns Kms antes foi suficiente para que à nossa chegada tivessemos a lareira acesa, a mesa posta e o inevitável "Pinot" que adivinhava outras "pomadas" que deram nome a esta belíssima região:

Merci, Dominique et Nadia !

Bordeaux, Cognac... Tudo para descobrir à hora de dormir que os Vinet tinham virado a casa do avesso e montado camas para todos ! Nem foi preciso descarregar nenhum do "hardware" que tínhamos no camião para o efeito.Escusado será dizer que a noite foi excelente e que, após as habituais brincadeiras e "judiarias"  todos dormiram que nem anjinhos. "Merci les Vinet, vôtre hospitalité, la bouffe, la flotte, tout était NICKEL !"

À porta do Hotel em Douai com Jean Paul da HD Corsica, Éric e Cédric dos Tomcat Road, a quem demos uma boleia "clandestina" no curto percurso entre o hotel e o salão. O momento hilariante foi quando, com o camião estacionado e já a caminho da entrada, nos lembrámos que ainda não lhes tínhamos aberto a porta ! (salut les clandestins)

 Ao chegar deu para perceber que o jogo, aqui, era a sério. A qualidade média das motos era bastante superior ao que estamos habituados em Portugal, mas íamos armados de dois "canhões" que íam vender cara a pele, como se veio a confirmar. A recepção por parte do Nicolas e da incansável Geraldine foi como esperado: Excelente. O MC Pecquencourt realiza um grande evento extremamente bem organizado, onde as condições a proporcionar aos vários convidados não são descuradas em nenhum pormenor.Merci Nicolas et merci M.C. Pecquencourt, "respect"...

A "Flamin' Orange" não foi ao pódio, mas fez um "figurão"... O Nelson não cabia em si de orgulho. À direita, o momento em que Nicolas Chauvin agradecia ao M.C.F. a forma como soube estar durante todo o evento e entregava a taça da "Best of Show" a um Caverinha ainda aturdido com o desenrolar dos acontecimentos. Tão súbita quanto inesperadamente, o Nicolas pediu ao Miguel para fazer de intérprete do discurso de encerramento, o que pôs um colete do M.C.F. a acompanhar a entrega de prémios, mais um motivo de orgulho inesperado para o nosso Clube. De costas na foto, Fred Rahé, outro "monstro" da oficina, responsável pela construção original do nosso Dragster e de várias máquinas que adornam as "Drag Strips" francesas. Também ele um velho amigo do M.C.F.e companheiro de outros "carnavais".

TOP